6 Dicas para ter uma vida normal e saudável depois de ter sofrido um infarto.

Cardiologista Dr.ª Marta Silva Menezes dá dicas para aqueles que tiveram infarto, para manter uma vida saudável e ativa depois de ter sofrido um infarto. Veja abaixo algumas dicas que podem fazer a diferença para a sua vida.

1. Acompanhamento médico

Quando o indivíduo não apresenta complicações após o infarto, geralmente pode voltar para casa depois de poucos dias de internação hospitalar. Caso tenha ocorrido alguma complicação, é necessária a observação por um período maior. Antes de receber alta do hospital, o paciente é submetido a alguns exames, que ajudam o médico a avaliar o risco de um novo infarto. Após a alta, é importante que o paciente continue a ser orientado por um cardiologista, faça exames e não se esqueça de usar os medicamentos prescritos.

2. Alimentação e hábitos nocivos

É necessária uma dieta balanceada, que evite problemas como a obesidade, o colesterol e a diabetes. É importante, por exemplo, o consumo de frutas, verduras, legumes, cereais e alimentos ricos em fibras - pois ajudam a garantir o bom funcionamento do coração. Também é recomendável que se evite comidas gordurosas, cigarro, bebidas alcoólicas e o uso excessivo de sal.

3. Atividades físicas

É preciso deixar o sedentarismo de lado e praticar exercícios que podem ajudar na recuperação.  Ao melhorar o condicionamento físico, o paciente passa a usufruir de vários benefícios, como o fortalecimento da musculatura do coração e o desenvolvimento da capacidade aeróbica. Mas atenção: isso não significa que há um sinal verde para que se comece a fazer atividade física sem orientação médica. Algumas pessoas, por exemplo, podem não estar com a condição cardíaca estável e, ao se forçar a praticar algum tipo de esporte, colocam a saúde em risco.

4. Vida sexual

O infarto não representa o fim da vida sexual. É preciso saber que não são as doenças do coração que impedem uma sexualidade plena do paciente, mas a falta de informação. Quem passou pelo problema pode voltar a usufruir o prazer da mesma forma de antes. Mas, caso o indivíduo faça uso de medicamentos para o tratamento da disfunção erétil, é preciso avisar ao médico para que avaliar se existe algum risco.

5. Trabalho 

A volta ao trabalho é um importante elemento de valor psicossocial, pois faz com que o paciente sinta-se útil e mais estimulado. Quem não teve grandes complicações pode retomar às suas atividades, tomando cuidado com as questões que envolvem grande esforço físico e emocional. É importante evitar o estresse e, a depender da situação, reduzir a carga horária do expediente. Como sempre, o médico dará as coordenadas necessárias para a situação. 

6. Daqui pra frente

Levar a sério a promessa de ter uma dieta mais equilibrada e sem excessos não é algo tão difícil, afinal, viver com saúde e bem-estar é algo bem prazeroso. Pessoas que sobrevivem ao infarto e adotam hábitos saudáveis conseguem retomar suas rotinas com bastante disposição. Tudo volta à normalidade, só depende do cuidado que o paciente terá consigo mesmo e do apoio de amigos e familiares, fator fundamental para evitar uma possível depressão. Além de tudo isso, é extremamente importante ir regularmente ao cardiologista para acompanhar o seu coração.



Fonte de Informação



Um comentário:

  1. meu colegas o infarto e entumentos de veias que pode ser curada a não ser que esteja com mais doenças crônicas, o pior mal p meu ponto de vista e o câncer maligno esta sim om certeza a pessoa vai ficar acamado para resto de sua vida outra dença mas gravetb que a pessoa sofre e bronquite asmática esta tb e falta de ar sempre e internação constante vejo que o infarte todos nos vamos ter com maior certeza na idade avançada ou tb chamada parada cardíaca que e quando o coração para poisnesta vida devemos pesar que não samos eternos sorte quem emais forte que outros media devida atual varia de pessa mas media nos brasileiros e de73anos se passar disto elucro masalguma coisa ela com certeza terá espero ter ajudado em lgumas palavras abraços p tdos

    ResponderExcluir