Artistas e Personalidades que "morreram de causas de problemas cardíacos".


Hugo Chávez


A morte de Hugo Chávez mobilizou o mundo, a causa de sua morte foi infarto. Fato é que, essa doença que mata muitas pessoas por dia já nos levou alguns famosos e personalidades, veja alguns casos que selecionamos. O presidente da Venezuela, Hugo Chávez morreu por conseqüência de um “infarto fulminante” no momento em que já estava com a saúde debilitada após quase dois anos de luta contra o câncer, afirmou o chefe de guarda presidencial, General José Ornella.




Presente ao lado de Chávez nos últimos ano de vida do mandatário, Ornella disse que Chávez até o ultimo momento esteve aferrado á vida, mas “um infarto fulminante”, matou- o. Apesar do ótimo trabalho dos médicos o câncer estava bastante avançado.

A saúde do presidente começou a piorar com uma severa infecção que afetou as funções respiratórias, segundo comunicado do ministro da informação, Ernesto Villegas. Durante várias semanas, Chávez usou uma “cânula traqueal” para conseguir respirar, o que dificultava sua fala. Apesar de pouco divulgado sobre a morte de Chávez o motivo foi o infarto e dos casos entre "pessoas públicas" este é o mais recente.


WANDO


O cantor morreu ano passado após sofrer um infarto seguido de uma parada cardíaca. Para seu cardiologista, sedentarismo, genética e excesso de peso podem ser as causas do entupimento das artérias do cantor.

O cardiologista Heberth Miotto afirmou na coletiva que Wando teve uma queda de pressão sanguínea às 5h40 e, uma hora depois, sofreu a parada cardíaca. Os médicos tentaram ressuscitá-lo, mas não tiveram sucesso. De acordo com Miotto, quadros semelhantes têm índice de mortalidade de 80%. "Conseguimos melhorar muito, mas nunca o risco (de ele morrer) chegou a zero. O infarto foi muito grande."

Dias antes ele conversou com a mulher por gestos, não tinha queixas de dores, cansaço. Mas durante a madrugada houve essa piora", disse Miotto.

O cardiologista Joel Teles, também do Biocor, disse que o entupimento das artérias do cantor por placas de gordura pode ter sido causado por três fatores: sedentarismo, genética e excesso de peso. Ao dar entrada no hospital, Wando pesava 110 quilos. O cantor procurou seu médico particular no dia 23 de janeiro, queixando-se de dores no peito e queimação do estômago. Wando realizou exames, que apresentaram "resultados preocupantes", e foi aconselhado pelo médico a procurar o hospital para mais exames.

No dia 27, um cateterismo (exame para diagnosticar obstrução de veias ou artérias) constatou entupimento de múltiplas artérias. Ao ser preparado para uma cirurgia de ponte de safena, Wando teve um infarto e foi submetido às pressas a uma angioplastia coronariana em três artérias importantes, Wando não suportou e faleceu.

Cássia Eller

O caso mais antigo mas não menos lembrado é de Cassia Eller. Cássia faleceu aos 39 anos, no auge da carreira, em razão de um infarto do miocárdio.

Ao chegar à clínica, Eller foi internada na unidade coronariana. Mas o empresário minimizava o fato. "Não havia quartos disponíveis na clínica. Eu pedi que ela fosse internada lá. Se só houvesse vaga no CTI (Centro de Tratamento Intensivo), ela seria internada lá."

Segundo a percussionista Lan Lan, que socorreu Cássia, o médico teria dito que como a cantora estava alcoolizada não poderia dar um tranqüilizante, mas para aliviar os enjôos deu um Plasil. O perito legista Nelson Massini explicou que o medicamento pode ocasionar reação no corpo, provocando até mesmo paradas cardíacas. O laboratório que produz o Plasil, o Aventis Farma, disse que todo o medicamento pode provocar reações e que tal alerta consta da bula.


José Wilker

José Wilker morreu na casa da mulher, a jornalista Claudia Montenegro, no Rio de Janeiro, na manhã de 5 de abril de 2014, vítima de um infarto fulminante, enquanto dormia. O socorro foi chamado por Claudia, que mora em Ipanema, Zona Sul do Rio, por volta das 10h, mas os médicos não conseguiram reanimar o ator. O corpo de José Wilker foi cremado no Cemitério Memorial do Carmo na zona portuária do Rio de Janeiro em 6 de abril de 2014.

José Wilker teve em seu currículo personagens memoráveis, como o jovem Rodrigo, protagonista da novela "Anjo mau" (1976), de Cassiano Gabus Mendes. Em 1985, viveu Roque Santeiro, personagem central da trama homônima escrita por Dias Gomes e Aguinaldo Silva. Em 2004 interpretou o ex-bicheiro Giovanni Improtta, de "Senhora do destino", de Aguinaldo Silva, um personagem com diversos bordões como “felomenal” e “o tempo ruge, e a Sapucaí é grande”. O artista também dirigiu o programa humorístico "Sai de baixo" (1996)

Carmem Miranda

Carmen Miranda foi encontrada morta em um corredor de sua casa em Beverly Hills na manhã de 5 de agosto de 1955. A atriz havia terminado na noite anterior as filmagens de um episódio do The Jimmy Durante Show para a NBC. Após o último take, Miranda e Durante fizeram uma performance improvisada no set para o elenco e técnicos. E em seguida alguns membros do elenco e amigos foram convidados por ela para uma pequena festa em sua casa.
Era cerca de 03:00 quando ela subiu as escadas para seu quarto. Miranda tirou a roupa, colocou seus sapatos de plataforma em um canto, acendeu um cigarro e colocou-o em um cinzeiro e foi ao banheiro retirar a maquiagem. Carmen Miranda aparentemente veio do banheiro com um pequeno espelho, circular na mão e no pequeno corredor que leva a seu quarto, caiu no chão e morreu de um ataque cardíaco, ela tinha 46 anos. Seu corpo foi encontrado a cerca 10:30 caído no corredor.
Seu médico particular, Dr. WL Marxer, foi chamado as pressas, mas ela já estava morta. Ele disse ao Los Angeles Times que Carmen Miranda não tinha histórico de problemas cardíacos e que, além de uma breve bronquite nas últimas semanas a estrela encontrava-se em perfeita saúde.






0 comentários: