Quais são os principais doenças que podemos pegar ao utilizar uma piscina?

Todos nós sabemos sobre o cuidado com os olhos e da importância de ter precauções de higiene ao ir para a piscina, é claro que a natação é um dos esportes mais benéficos para a saúde, porque contribui para a melhoria da nossa qualidade de vida em todos os seus aspectos, mas se escolher este esporte, deve ter cuidado com certas infecções que podemos contrair, conhecê-las é uma boa maneira de preveni-las.



Herpes: aparece geralmente nos lábios, por razões de exposição prolongada ao sol sem medidas de proteção adequadas, é contagiosa, e é recomendável não abusar do sol e usar protetor solar. 

Fungos: aparecem por todo o corpo, mas, principalmente, nos pés, a sua causa é a falta de higiene. Assim como a herpes, é contagioso, e é recomendado o uso de sapato de plástico perto da piscina, tomar banho antes e depois de praticar esporte, secar bem absolutamente todo o corpo, e usar toalhas limpas.

Papilomas: Como os fungos, aparecem principalmente nos pés, devido à falta de higiene, são contagiosas, é recomendado os mesmos cuidados dos fungos.

Otite: Elas aparecem no canal do ouvido, às vezes pelo mau estado da água, é contagiosa, como as enfermidades mencionadas acima, e é recomendado proteger os ouvidos com bolas de algodão, ou de borracha, e depois de terminar a atividade secar os dutos do ouvido com cotonetes secos.

Micose: É uma infecção causada por fungos que atingem a pele, as unhas e os cabelos. São particularmente frequentes nos trópicos, onde existem condições ideais de calor e umidade, necessárias para o desenvolvimento dos fungos. São exemplos de micoses superficiais a pitiríase vesicolor, as tineas e a candidíase.

Diarreia: A diarreia é uma doença muito comum que consiste na evacuação de fezes líquidas de forma frequente e sem controle. Ela pode ser tanto aguda quanto crônica, dependendo do tempo de duração dos sintomas. A causa mais comum da diarreia é a infecção por vírus, bactérias ou outros parasitas que entram no organismo, causando gastroenterite – inflamação aguda que compromete os órgãos do sistema gastrointestinal.

Conjuntivite: é uma inflamação da conjuntiva e da superfície interior da pálpebra. A conjuntiva é a camada exterior da parte branca do olho. O sintoma mais evidente é a vermelhidão do olho, sendo também comum a ocorrência de dor, ardor e prurido. O olho afetado pode também lacrimejar ou custar a abrir durante a manhã. A parte branca do olho pode-se apresentar inchada.O prurido é mais comum nos casos causados por alergias. A conjuntivite pode afetar apenas um ou ambos os olhos.



 

0 comentários: