Dirofilariose (Parasita do Coração) atinge principalmente cães e gatos.


A dirofilariose é uma doença causada por um verme (a Dirofilaria immitis) que se desenvolve dentro do coração e de grandes vasos sanguíneos dos cães e, em menos número, dos gatos. A doença é transmitida por mosquitos (geralmente da espécie Culex) que passam a hospedar o parasita depois de picar animais já contaminados.

Os sintomas da doença variam, sendo que devido aos problemas causados no coração, mesmo após o tratamento, alguns animais ainda podem apresentar quadros mais severos.

Geralmente, começam de 4 a 6 meses após o contato com o mosquito e observamos: cansaço fácil, falta de resistência a exercícios, tosse crônica, apatia, respiração ofegante, perda de peso e acúmulo de líquidos no abdômen, além de problemas renais e hepáticos. Por outro lado, alguns cães podem conviver com o verme durante anos sem apresentar qualquer sinal; entretanto quando os sintomas começarem a aparecer, a doença já estará bem mais avançada.

O diagnóstico é realizado através do exame clínico, histórico do animal e exames de sangue. Existe tratamento para a dirofilariose, mas o ideal é que se diagnostique a doença antes dos sinais clínicos avançarem. O tratamento é longo e requer acompanhamento frequente do médico veterinário.

Assim, como sempre, a prevenção é o melhor remédio. Atualmente, temos vários medicamentos, com formas de administrações diversas para prevenir esta doença, como: comprimidos, produtos utilizados na pele e coleiras. Para animais que viajam para cidades litorâneas frequentemente, a prevenção deverá ser mensal.

Por isso, antes de tirar as suas merecidas férias com o seu melhor amigo, leve-o ao seu veterinário e o proteja contra esta doença que pode ser fatal.


Fonte de informação

0 comentários: