Parece asma, mas não é.


Uma pessoa com crises de tosse, chiado, cansaço e falta de ar tem asma? Conheça algumas outras doenças respiratórias que podem ser confundidas com sintomas da asma. 

Bronquite Crônica


É comum que as pessoas perguntem se asma e bronquite são a mesma doença. Na verdade, o que contribui para esta confusão é o fato da asma ser chamada também de bronquite asmática, bronquite alérgica ou simplesmente bronquite. Estes nomes foram incorporados à asma pois assustam menos e são vistos com menos preconceito. Mas, existe uma doença chamada de Bronquite Crônica, que não tem causa alérgica e que se manifesta por tosse, em geral com catarro, sendo o cigarro o maior causador da doença. 

Outras causas são: poluição, gases químicos irritantes e infecções por bactérias ou vírus. Deve-se suspeitar no caso de expectoração na maioria dos dias de 3 ou mais meses do ano, durante 2 anos consecutivos. É classificada como uma DPOC: doença pulmonar obstrutiva crônica. A bronquite crônica se caracteriza por uma produção excessiva de muco na via respiratória, causando tosse repetidamente sempre com eliminação de catarro, com piora matutina, ao se levantar e à noite. 

É comum que não seja valorizada no início, sendo rotulada como uma tosse “normal” do fumante, mas, com o passar do tempo, torna-se cada vez mais intensa, surgindo infecções respiratórias repetidas. A doença tende a ser mais grave quanto mais cedo a pessoa começar a fumar. Da mesma forma influi também quanto tempo fumou e o número de cigarros fumados diariamente. Contudo, mesmo as pessoas que nunca fumaram, mas que vivem ou trabalham com fumantes, também estão em perigo de contrair a doença. 

Enfisema Pulmonar


O enfisema pulmonar resulta da agressão contínua e repetida dos pulmões e se acompanha de um comprometimento mais profundo, atingindo os alvéolos pulmonares e resultando na redução da capacidade respiratória. O sintoma principal do enfisematoso é a falta de ar, fazendo com que a pessoa se canse aos mínimos esforços, como por exemplo, ao se vestir ou tomar banho. Em geral são pacientes emagrecidos, de aspecto cansado, com tórax aumentado de tamanho, assemelhando-se a um barril: é o chamado “tórax em tonel”. 

A tosse e a expectoração nem sempre são evidentes. A causa mais comum é o tabagismo, mas citam-se outros fatores, como por exemplo, gases industriais e infecções respiratórias. Assim como a bronquite crônica, o enfisema também é classificado como uma DPOC: doença pulmonar obstrutiva crônica. 

Asma Cardíaca 


As pessoas portadoras de asma cardíaca têm crises abruptas de falta de ar, em geral à noite, muitas vezes confundidas com a asma brônquica, mas se diferencia por se acompanhar de outras doenças do coração, hipertensão arterial, batimentos cardíacos acelerados e ritmo de galope (batimentos cardíacos em três tempos, assemelhando-se ao barulho de um cavalo a galope). 

Parece fácil? Não, nem sempre é fácil distinguir as doenças, pois em alguns casos elas se misturam. Por exemplo, uma asma brônquica pode ocorrer em uma pessoa cardíaca. Ou, um paciente com asma pode evoluir com um enfisema. Cabe a médico analisar cada caso, realizando uma análise clínica cuidadosa e criteriosa a fim de solucionar o diagnóstico e indicar a conduta mais adequada para cada paciente. 

0 comentários: