No inverno os riscos de um ataque cardíaco aumentam entre as pessoas mais velhas.



Sabia que aquele calor que você sente quando sobe uma escadaria pode ser um fator e tanto para aumentar o risco de infarto no inverno? Pois é. Com a temperatura baixa, as veias do seu coração se contraem e dificultam bastante a passagem do sangue.


 Ao subir uma escada, ou fazer esportes, essa dificuldade que o sangue tem para circular se torna um perigo. Quem tem problemas coronarianos pode ter insuficiência cardíaca, que é aquela falta de fôlego, cansaço e muita dificuldade de respirar, angina e até infarto. 


Durante uma atividade física, os vasos sanguíneos do corpo todo aumentam de tamanho para que o coração receba mais nutrientes e oxigênio, é por isso que o seu rosto fica vermelho quando faz esforço.

O coração precisa trabalhar muito mais para funcionar normalmente. Se no verão a pessoa teria um infarto correndo, no inverno isso pode acontecer caminhando. 

Dicas para deixar o coração livre de problemas:

- Ao sair de casa, é importante se agasalhar.
- Os mais velhos devem sair de casa quando a temperatura estiver mais baixa.
- O horário de maior risco de infarto é das 6h às 12h.
- A alimentação gordurosa e pesada que comemos sem culpa é um fator de risco a longo prazo. Cuidar da alimentação é primordial em qualquer época do ano.
- É claro que não se pode passar o inverno todo sem fazer atividades físicas, que fazem muito bem à saúde. Mas, durante esse período do ano, prefira esportes em lugares fechados e nem pense em correr no parque ao vento frio. Se sentir calor pela intensidade da atividade, evite tirar o casaco.

- Metade dos infartos acontece de manhã.
- Sabia que o período de maior risco de infarto é de manhã? No fim do sono, o corpo manda mais hormônios para o coração, para preparar você para o dia que está por vir.
- Isso aumenta a pressão arterial, e quem tem tendência ao infarto pode não aguentar. Mas é claro que hipertensão, diabetes e tabagismo facilitam muito mais do que o nascer do sol.


Fonte de informação

0 comentários: