As principais técnicas e remédios naturais para quem sofre com palpitação.

As técnicas e remédios naturais para palpitações serão extremamente úteis se o seu coração estiver fora do ritmo, pois podem corrigir a condição. As estatísticas mostram que, em média, seu coração bate 36 milhões de vezes por ano, e por vezes é normal que siga uma batida diferente. Ou não.
Enquanto as palpitações geram irritação em algumas pessoas, podem ser alvo de grande preocupação para outros. Mas com os remédios naturais há formas de impedir que continuem, assim que comecem.
Ou se preferir poderá mesmo impedir que comecem. Neste caso, aplicam-se técnicas de redução de estresse, com o suporte de uma dieta saudável, composta por alimentos que previnem as palpitações.

Técnicas

  1. Assim que começar um batimento cardíaco fora do normal, sente-se e sustente seus pés no ar. Respire de forma profunda e lenta, e a cada inalação, deixe sua barriga expandir-se. Concentre-se na sua respiração, no quanto é lenta e constante. Isso fará com que o ritmo volte ao normal quase que de imediato.
  2. Caso persista: aperte o nariz, feche a boca e tente exalar o ar. Como não pode, porque o nariz e boca estão cerrados, empurre com toda força para baixo, como se tivesse forçando a evacuação. Isso deverá redefinir a pressão arterial. Depois disso, tussa com toda a força que conseguir. Esta é a Técnica de Valsalva, iniciada no século XVII pelo anatomista italiano, Antonio Maria Valsalva. E funciona.
  3. Tome pequenos goles de água fria. Não está provado sobre como é que isso ajuda, mas o efeito é imediato em algumas pessoas. Uma teoria, é de que a água faz com que o esôfago fique pressionado contra o seu coração, que retoma o ritmo normal.

Alimentos

  1. Coma muito peixe. Salmão e sardinha, em especial, que possuem altos níveis de ácidos graxos Ômega 3.
  2. Evite comer muito ao mesmo tempo. Isso força o corpo a digerir uma quantia enorme de comida, fazendo com que o organismo desvie sangue para o aparelho digestivo, empobrecendo o fluxo para o seu coração.
  3. Beba menos bebidas que tenham cafeína. Para algumas pessoas, cafeína é sinônimo de palpitações.













Descanso mental
  1. As palpitações podem ser um alerta do corpo para o nível de estresse, que assim estará fora do nível de segurança. Meditar pode ajudar a aliviar a carga. Basta meia hora por dia para descontrair a mente.
  2. Recorra à aromaterapia. Pingue gotas de óleo de lavanda num lenço e inale. Ou esfregue duas gotas de óleo de laranja amarga no peito. Ambos servirão como calmantes naturais.
  3. Se as palpitações tornarem-se recorrentes, deverá dormir pelo menos 7 horas a cada noite. Esse descanso deverá proporcionar o alívio que seu corpo exige.

Fonte de informação

0 comentários: