Saiba o que é um Derrame Pericárdio e suas principais causas?




O derrame pericárdico consiste no acumulo de líquido, que pode ser plasma ou sangue, na membrana que envolve o coração, podendo provocar um tamponamento cardíaco que é uma situação grave que pode levar à morte.

O derrame pericárdico tem cura se o seu diagnóstico e o seu tratamento forem realizados precocemente para prevenir complicações fatais ao coração.

O pericárdio é um saco resistente que envolve o coração formando assim uma camada. Quando o coração bate, ele desliza facilmente. Normalmente, apenas 2 a 3 colheres de sopa de fluido pericárdico estão presentes entre as duas camadas, lubrificando os movimentos do coração no interior do saco.

Em Derrames, acumulam-se valores significativamente maiores de líquido pericárdico. Quando pequenos, podem conter 100 mililitros de fluido. Em grandes derrames, mais de 2 litros de fluido podem estar presentes.

Causas:

A maioria dos Derrames Pericárdicos são causados por inflamação do pericárdio, uma patologia chamada de Pericardite. Como o pericárdio fica inflamado, é produzido fluido extra, dando origem ao Derrame.

As infecções virais são uma das principais causas de Derrame Pericárdico e Pericardite. Infecções que causam Derrames incluem citomegalovírus, vírus coxsackie, echovirus e VIH.
  • Outras patologias que podem causar Derrame Pericárdico: 
  • Enfartes do Miocárdio 
  • Infeções bacterianas, incluindo a Tuberculose 
  • Cancro 
  • Uremia (Insuficiência Renal grave) 
  • Lesão no pericárdio durante um procedimento médico 
  • Doenças auto-imunes (como Lúpus ou Artrite Reumatóide) 
Num grande número de pessoas com efusão pericárdica, não se consegue identificar qualquer causa. São chamados de Derrames Pericárdicos Idiopáticos.

Tratamentos: 

O tratamento consiste no uso de medicamentos como aspirina, anti-inflamatórios não esteroides como ibuprofeno ou de corticóides como a prednisolona, que diminuem a inflamação e os sintomas da doença.

Porém, se houver risco de problemas cardíacos, pode ser necessária a retirada deste líquido através de:
  • Pericardiocentese: procedimento que consiste na introdução de uma agulha e um cateter no espaço pericárdico para drenar o líquido acumulado;
  • Cirurgia: utilizada para drenar o líquido e reparar lesões no pericárdio que causam o derrame;
  • Pericardiectomia: consiste na remoção, através de cirurgia, de uma parte ou de todo o pericárdio, utilizado principalmente no tratamento de derrames pericárdicos recorrentes.
Fonte: www.tuasaude.com/derrame-pericardico
Fonte: www.asdoencascardiacas.blogspot.com/2013/02/derrame-pericardico-causas.html

0 comentários: